27/04/17

by - quinta-feira, abril 27, 2017




O que fazer quando você esta perdido? Quando não sabe onde errou, ou onde esta errando. Você tenta, tenta e nada melhora a situação. Tem vontade de ser outro, de habitar outro corpo, um melhor, menos você, por que simplesmente parece que você não serve, não serve mais, não serve agora, vai ver nunca serviu mesmo.

O seu mundinho esta desmoronando ao seu redor, as cores estão desfocadas, as falas embaralhadas, e não tem legenda, não tem cor, não tem sensor, muito menos um interruptor. Tudo bipa, pisca e estica dentro de você. Ai que loucura, que droga, que dor, que horror. 

Não consegue focar, não consegue respirar. Algo esta te segurando, ou talvez esteja soltando? O que você esta SENTINDO? DIGA! Não dá, não sinto, não rimo, não. Simplesmente não. 

Quem sabe existe um hospedeiro ai dentro, um que valha a pena continuar por aqui, mas como assim? Não é boa o bastante? Mas não é boa pra quem? Boa em que? Pra que? Qual o sentido? 
NÃO SEI! simplesmente não sei.

Mas horas não é essa a questão? Saber. Entender. Ai vou conseguir talvez quem sabe Viver. 
Por enquanto não vivo, apensa habito, e digo, não esta rolando. Preciso de ar, de alguém pra... Não sei, apenas alguém. 

Quem sabe não esta ali, ou aqui, ou em mim. Isso mesmo, eu preciso de alguém em mim, que me ensine que não preciso de outro ser a não ser o que em mim habita, preciso de um amor, não aquele que sufoca, que te deixa bobo, preciso mesmo daquele que chamamos de nosso, de dócil de próprio, e quem sabe ai eu consiga desabitar do casulo e reabitar o meu lugar, aquele que tenho que aprender a amar. 


VEJA TAMBÉM

34 comentários

  1. Gostei do seu ttexto, especialmente do trecho final sobre a busca do amor próprio.

    Só depois de aprendermos a nos amar e sermos felizes em nossa pele é que somos capazes de dar e receber amor sem drama, sem pressão e sem sufoco. Amor só sufoca quando a gente acha que depende do amor do outro pra ser completo.

    Beijinhos da Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo, o melhor amor é aquele que vem de dentro pra fora <3

      Excluir
  2. Me identifiquei muito com o texto, é basicamente aqueles "monstros" que vivem em nós e ficam nos cobrando. Acho que uma boa saída pra isso e ter em mente que ninguém tem a vida perfeita, talvez exista alguém por ai querendo até habitar em nós.

    www.quistecontar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito verdade isso Flávia. É aquela coisa, a grama do vizinho é sempre mais verde.

      Excluir
  3. Gostei muito do seu texto, as pessoas deveriam se amar a cima de tudo, cuidando bem dá gente podemos destruir mais amor ao mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caminho até descobrirmos como cuidar de nós mesmo é que é complicado, mas um dia a gente chega lá! Brigada Michelle

      Excluir
  4. Seu texto é muito bom, pois traduz em palavras uma verdade: que o melhor amor vem de dentro de nós.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  5. Que profundidade esse texto! Cada palavra senti como uma fincada, exatamente como um sussurro ao pé do ouvido dizendo "eu sei que você já sentiu isso". Arrepiei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico tão feliz por sentir <3
      muito obrigada!

      Excluir
  6. Nosso que texto tocante.
    Todos nós precisamos do amor próprio para dar sentido as nossas vidas, o mais belo dos amores.

    Beijos

    tudojuntoemisturado.info

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo Camila, amor próprio sempre :D

      Excluir
  7. Esse texto simplesmente diz tudo! Amor próprio é o que precisamos, quando a gente se ama, conseguimos amar mais as pessoas e naturalmente a vida nos dá um amor puro, que não sufoca e agrega. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que você sentiu o que quis transmitir <3

      Excluir
  8. Esse texto nos faz refletir muito, é bem tocante. Quem passa pelos mesmos tipos de coisa se entende perfeitamente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que te fez para pra pensar Ana, me faz muito feliz saber que as pessoas sentem meu texto, da mesma forma que senti ao escreve-lo.

      Excluir
  9. Muito bom sei post. Parabéns. Você escreve muito bem e com muita criatividade e sinceridade. Adorei

    ResponderExcluir
  10. Me sinto assim direto, como se 'aqui' não fosse o meu lugar. Choro, mas depois me sinto um pouco melhor. Adorei o texto, me descreveu muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se sinta bem, você tem a si mesma e é o que importa sempre me lembro disso...

      Excluir
  11. Oie, tudo bem? Gostei muito do seu texto. Acredito que grande parte das pessoas está em busca de alguém que as faça sentir seguras, que as compreenda, e que esteja ao seu lado quando precisarem. Mas para isso as vezes é preciso deixar o medo de lado e muitos não conseguem... Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  12. Eu desisti de um amor bobo em troca do meu amor próprio, e foi a melhor coisa que fiz <3

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito certa você, eu estou tentando por isso na minha cabeça ainda Bruna

      Excluir
  13. Que reflexão linda, amei suas palavras. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Adorei o texto. Ótima reflexão.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Muito bom texto e bem profundo. O amor próprio é mesmo a base da nossa sanidade mental, precisamos estar "em dia" com ele ;) Abraço :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo Maria, ele merece muito mais atenção que muitas pessoas por ai

      Excluir
  16. Seu post me descreveu nesse momento.
    Sabe quando bate aquele desânimo, que as coisas não tem sentido...
    Complicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sei bem como é Fran, mas tudo fica bem uma hora

      Excluir
  17. Adorei muito seu post, e seu blog inclusive. E o cabelo? Ai jesus muita coisa linda num só lugar. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha que bom Camila, visita sempre ein, vou adorar

      Excluir