Apenas algumas palavras...

sábado, janeiro 23, 2016




Lembro bem daquela garotinha, pequenina, que amava escrever nas suas agendas, que adorava ficar no seu quarto lendo livros de fadas e histórias encantadas, o brilho nos olhos dela quando escrevia um texto e o lia na sala de aula dava pra iluminar um quarteirão, tão bela de alma, tão pura, a garota e seus livros, a garota e suas palavras.



Hoje vim falar de um tema que amo desde sempre ler e escrever. Falar disso se torna tão fácil pra mim pois foi nos livros que eu sempre encontrei meu conforto, bem estar. Lembro de ficar o dia todo na cama só na companhia de um livro e um pedaço de papel, escrevendo minhas considerações sobre eles. 
Escrever também é uma paixão tão grande, sempre fui aquela que gostava de escrever textos na aula de português e ler na frente pra todo mundo ouvir, sempre achei um desperdício ninguém poder ler as minhas histórias, 

No papel é que desabafo, nos livros é que encontro conforto nos momentos difíceis, pois posso sair do meu mundo e viajar pra qualquer lugar.  Meu sonho sempre foi escrever um livro, já imaginou? Ter minhas histórias e palavras publicadas pra todo mundo ler, realmente um sonho! Hoje posso dizer que de certa forma me sinto realizada, pois aqui no blog eu sei que alguém pode ler o que escrevo, e até quem sabe se identificar com o que passo através das minhas palavras.

Sabe eu não sei se isso vai se realizar um dia, se meu sonho de escrever se tornará realidade, mas eu sei que é ele que me faz ter vontade de seguir, escrever aqui no Entre ver e viver é uma das melhores coisas que faço, sei lá, é o que me faz feliz, poder escrever e dizer o que sinto, criar histórias e encantar quem as lê, ou provocar qualquer tipo de reação, essa é minha meta, ler seus comentário a respeito de meus textos me deixa tão imensamente feliz que nem sei dizer.

Por que escrevi sobre isso hoje? Por nem um motivo especial, apenas senti vontade de expressar minha alegria de poder ter o blog e compartilhar com vocês meus sonhos e o que sinto, saber que alguém conhece minhas histórias.
Sei que alguém esta me 'ouvindo' agora, e essa é a melhor parte do meu dia.

Obrigada por tudo Entre ver e viver <3

Veja também

8 comentários

  1. Lembro como você adorava ler seus textos mesmo, e como odiava o fato da professora buscar um tipo de perfeição que não era seu, sempre amei seu jeito de escrever e você me inspira muito a ler sempre mais e mais. Relaxa que tenho certeza que seu sonho de ser escritora vai se tornar real, so basta você tirar um tempinho e começar a escrever rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  2. oi, oi.

    eu te entendo perfeitamente! na minha época do colegial, eu adorava escrever também textos sobre a minha vida ou imaginar como seria o futuro. depois que eu escrevia, sempre mostrava às minhas amigas. e foi naquela época que eu descobri que as palavras é melhor forma de eu me auto conhecer e mostrar um pouco de mim às pessoas.

    amei o teu texto! <3

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também acho, escrever pra mim é mais fácil que falar.
      brigada. beijo <3

      Excluir
  3. Também sou apaixonada por escrita, e quando pequena amava produzir textos que ia além da minha imaginação, mas detestava o fato de sempre o professor por um defeito em meus textos, ou pelo simples motivo de ter sido péssima no português (Isso antigamente, por que agora eu detono) rs.

    http://blogdajubortoli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha uma professora que me desanimava também, tudo tinha que ser na norma culta, bla bla, texto bom pra ela era texto chato e sem emoção com o português perfeito rsrs
      Mas é assim mesmo, sorte que não dei ouvidos a ela!

      Excluir
  4. Adorei teu post, Carol!
    Me identifiquei muito, porque sempre gostei de escrever e boa parte das minhas memórias mais antigas estão relacionadas a ler e escrever também.
    Parabéns pelo texto lindo <3

    amorecando.blogspot.com

    ResponderExcluir