Romances nacionais, uma agradável surpresa!

sexta-feira, maio 20, 2016

Essa ultima semana li dois livros do gênero Romance, de duas autoras brasileiras, bom não sou muito de ler livros de autores brasileiros, não sei bem por que, li bastante quando era criança, principalmente da Thalita Rebouças, mas deixei de ler com receio de não serem tão bem escritos como de autores estrangeiros, (preconceito eu sei ): )!

estava procurando livros novos pra ler em um site e me deparei com O garoto de olhos azuis e 8 segundos, e gostei bastante das leituras. São romances um tantinho previsíveis, mas são dos clichês que eu mais gosto, fazer o quê!


O Garoto de Olhos Azuis

Nota: ❤️❤️❤️❤️


Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.


Esse é um livro que já me prendeu logo do começo, com uma narrativa bem engraçada e envolvente. Tudo que Bárbara sonhou estava acontecendo, um grande amor, ou pelo menos o que ela achava ser o grande amor, entrar na igreja de branco e olhar pro noivo que estaria a olhando como se não houvesse coisa mais linda que ela no mundo, mas o que ela não previa era que na hora de entrar na igreja o noivo não estivesse a olhando, nem por um segundo e de repente tudo desmorona. Abandonada no altar ela desacredita do amor e por nada nesse mundo quer subir em um altar novamente.

Com todos os acontecimentos Bárbara vai morar com os dois irmão, depressiva e sem visão de futuro, se vê morando com quatro caras, seus irmãos  e mais dois amigos, desses garotos ela esperava tudo, encontrar bagunça, mulheres e festas, mas o que ela não esperava era encontrar neles, conforto, novas amizades e a descoberta do verdadeiro amor.

Ian faz de tudo pra se afastar de Bárbara, mas com todas as brigas, insultos e desentendimentos eles passam a ficar cada vez mais próximos, mal sabe ela que eles tem um passado que ele guarda a sete chaves.

O começo do romance dos dois é ótimo, bem divertido com aquelas brigas de cão e gato, mas muitos dramas vão aparecendo na história, o que torna o livro mais adulto e mais sério, bom não gosto muito de dramas em livros, mas até que gostei de como se encaixou, e gostei de como a autora pôs o casal em uma situação que realmente só o amor pra fazer da certo.

O livro é bem engraçado, um pouco dramático de mais em alguns pontos, mas da pra engolir, eu deixei a parte do drama de lado, já que gostei tanto da história dos dois, e pelas atitudes de Ian, só o que consigo pensar é; "precisamos de mais homens com esse caráter no mundo".
Ficou curiosa? haha Então não perde tempo.
O livro é bem comovente, e me surpreendeu de uma forma muito boa!

8 segundos


Nota: ❤️❤️❤️❤️

O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada? Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade. Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de cristal? Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças.



Nesse livro a Camila Moreira retratou aquele tipo de romance bem clichê, mas que todo mundo ama <3 pelo menos eu amo! haha
A patricinha e o Caipira, o livro é tão fácil e envolvente de ler, eu não consegui parar, li pela madrugada só parei quando o sono me venceu, gostei tanto que fiquei triste quando acabou.

No começo a relação dos dois é puramente carnal, os dois vivem em pé de guerra, Lucas não quer se prender a ninguém, veterinário mas sonha em ser um grande peão de rodeio e uma namorada não se encaixava nos seus planos. Pietra esta acostumada a ter tudo o que quer, e por pura diversão ela quer o peão caipira, mas os dois se enganam quando acham que uma noite de sexo vai bastar pra eles deixarem de sentir atração um pelo ouro, um livro muito sensual  sexy, que te prende como um ima.

Os dois narram a história alternando os capítulos, e eu fiquei impressionada com a escrita da Camila, sério não conhecia nada escrito por ela, mas me apaixonei, na verdade são poucos os escritores brasileiros que conheço.

O livro vai muito além da atração dos dois, um muda o outro, ela sempre ao lado de Lucas, mesmo depois de vários fatores que os afastariam, sem querer eles se salvam, mas o passado lhes prega uma peça, orgulho e vingança tomam conta e os afastam, só que nada afasta duas almas que nasceram pra ficar juntas (eca, que clichê! kkkkkkk).

O livro é bem clichê, mas nada como uma boa história previsível pra passar o tempo e suavizar, adorei e recomendo pra você que só quer passar o tempo com um bom livro. Ultimamente, tou um pouco cansada de séries e livros mais complexos, fases.
Tem umas partes bem melosinhas, mas respira fundo e segue em frente. haha

Bom eu acho que foi bom abrir a cabeça e aceitar os autores brasileiros na minha vida, gostei muito da escrita das duas e confesso que é estranho ter citações de coisa que eu conheço e ler trechos de musica que eu sei a letra, e nada de nomes gringos ou cidades estrangeiras, é como estar em casa. Sou estranha, né? Como pode! kkk
Mas é isso, gostei muito dos livros e sempre que aparecer um novo livro nacional na minha frente não vou esnoba-lo, vou dar uma chance, a gente se engana.

beijinhos :*

Veja também

4 comentários

  1. Oi Carol, tudo bem? Eu também acabei me afastando da literatura nacional, mas é sempre bom diversificar, não é? Gostei das suas dicas, ainda mais o 8 segundos. Irei procurar para ler.
    Beijos linda
    Sombra dos Dezoito

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia nenhum destes títulos, mas fiquei curiosa a respeito. Minhas abas de pesquisa já estão aqui abertas hahaha obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir