Resenha; Amor Amargo

by - quinta-feira, novembro 03, 2016

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade… Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.
Sabe um tipo de livro que te deixa sem palavras? Que te deixa com milhares de perguntas e incertezas, e com vontade de mudar o mundo?  Você fica pensando nas pessoas que passaram e que passam por isso todo os dias. 

O assunto principal nesse livro é um relacionamento abusivo que resulta em violência. Eu já falei do assunto aqui no blog, sobre relacionamento abusivo mas não com o fator da violência, e nesse livro vamos ver ele de uma forma que eu tenho certeza que você já viu e conhece alguém que já passou por uma relação assim.

Alex é uma garota muito carente de carinho e amor, princialmente por parte da família, perdeu a mãe muito cedo e o pai se trancou no seu mundinho particular e vive quase com uma sombra em casa, a irmã de Alex uma menina mimada que ao longo do tempo se afastou da irmã, a unica forma de amor e carinho que ela tem é através dos seus amigos Bethany e Zach. Amigos desde a infância eles são como irmãos.



Mas de repente chega um aluno novo na escola, bonito, forte, misterioso, educado e que se interessa por Alex, pela carência ela logo se aproxima de Cole, e se apaixonada, ele se torna seu primeiro amor, é tudo que ela quer, tudo que ela sempre sonhou, a ama, cuida dela, enche ele de presentes, tudo perfeito, até que...

“Ele piscou para mim, e, de repente, fui tomada por uma onda de ousadia. É para isso que vivemos, não é? falei para mim mesma. Para nos arriscar. Para encarar nossos medos. Não para ser como papai – uma pessoa vazia que voa de um lado para o outro ao sabor do vento, sem lugar algum para pousar. Vivemos para ficar no caminho de alguém vindo a toda velocidade. Para ficar no topo de um vertedouro. Para pular portões com placas de perigo. “

Cole logo começa a mostrar quem é de verdade, os ciumes doentio, a possessão que beira a loucura. É difícil falar desse livro. Alex se vê perdendo amizades e sonhos. 

Ele começa a imaginar que o melhor amigo de Alex é afim dela, e toda vez que os vê juntos ele perde a cabeça, fala mal dos amigos na frente dela, e o pior de tudo é que ela por estar tão apaixonada não consegue defender os amigos e em certos momento começa a acreditar nas loucuras de Cole, começa a afastar os amigos, até que eles é que decidem se afastar dela.

“O amor pode ser bonito, mas também pode ser feio. O amor pode ser doce, mas também pode ser amargo. 
O pior é quando começam as agressões físicas, os xingamentos. Ele a agride e logo depois diz que a ama, a confusão toma conta da cabeça de Alex, mas ela o ama, e ele a ama, depois da primeira vez ele pede perdão diz que vai mudar, manda flores e ela acredita, a segunda vez a mesma coisa, na terceira ela já passa a ter medo dele, e tem vergonha de falar com alguém, mas como deixar alguém que ama tanto?

É tão louco saber o que se passa a cabeça de uma vitima, o amor, a vergonha, tudo dividido, a cabeça conturbada. E como sair disso, se o medo do parceiro é maior que a vontade de falar? Ela mede as palavras perto dele, passa a se distanciar da família, mas ela sabe que sempre vai haver algo que vai fazer ele ficar com raiva dela.

Assim sem mais nem menos, me dei conta de que, querendo ou não, o que tinha acontecido no dia anterior já tinha começado a me definir; eu estava inventando pretexto pra o que ele tinha feito comigo. 
O livro tem um tema muito obscuro por um lado, mas por outro temos a questão da amizade verdadeira, de amigos que estão sempre ali pra ajudar, mesmo que a pessoa recuse a ajuda, amigos que não desistem tão fácil e que são pra eternidade. 

 Ele soltou o meu pescoço e eu desabei no chão. Cobrindo o rosto com a mão enquanto soluçava. Amedrontada demais para correr. Pasma para continuar em pé. Machucada demais para ser corajosa, revoltada ou qualquer outra coisa para ser corajosa.
Eu recomendo muito esse livro, com toda certeza um dos melhores que já li esse ano, com uma temática diferente das que estou acostumada a ver mas que é sem duvidas um livro que todos deveríamos ler em algum  momento.

VEJA TAMBÉM

43 comentários

  1. Oi, Carol.
    Li esse livro ano passado e posso dizer que foi como um soco bem no meio do estomago.
    Antes eu sempre me perguntava como uma pessoa pode ficar em um relacionamento abusivo, e até dizia que fica quem quer, mas depois de ler Amor Amargo esse pré conceito que eu tinha caiu por terra.
    A Jennifer consegue mostrar como é difícil a vida de pessoas que está nessa situação.
    Beijo e ótima resenha.

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo Camila, a gente passa a olha com outros olhos e entender.
      obrigada! <3

      Excluir
  2. Acabei de acabar de acabar mesmo este livro, sacomé...
    Bem, esta é uma daquelas histórias feitas para aprendermos o valor da empatia. Muitas vezes julgamos alguém sem saber o que se passa em sua mente, dizendo que nunca se colocaria naquela posição, que nunca passaríamos por aquilo. Mas quando acontece conosco, a situação muda de rumo... É realmente dificil começar esta leitura e não sair com uma visão no mínimo aprofundada sobre a tematica. Em certas partes eu me doía pela dor que a Alex sentia, porque não era simplesmente justo. E no fim, notei que mesmo quando conseguimos nos sarar um pouco, as cicatrizes de uma experiencia do tipo não se fecham tão simplesmente, além de abrir cicatrizes em outras áreas da nossa vida.
    É triste, ams real!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo, é difícil esquecer esse tipo de coisa né!
      são feridas que sempre vão ta ali. tenso

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acredito que não tenha continuação não Jennifer.
      muito obrigada e bem vinda!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. É impressionante o fato de pessoas ainda aguentarem esses tipos de agressões, fora que aqui no Brasil frequentemente aparece casos desse tipo. Amei sua resenha e confesso que despertou uma tremenda curiosidade de Ler ele por completo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas o bom do livro é ver o que a pessoa sente, saca? se por no lugar do próximo sem julgamentos

      Excluir
  6. Acho que esse e o único livro que não fiquei com vontade de ler, acho que indicaria somente para pessoas maiores de 16 talvez, já que tem gente que romantiza Arlequina com o Coringa. Mas gostei da resenha, acho que é uma leitura bastante interessante para pessoas que estão passando por isso, ou que conhecem alguém que está passando por isso... ❤

    Carol | Pink is not Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma leitura bem realista, faz você pensar bastante!

      Excluir
  7. Esse enredo do livro é realmente (ainda) uma triste realidade pois existem sim relacionamento abusivos desse jeito, eu mesma já tive uma amiga que passou por isso. Muito boa sua indicação, gostei bastante :)

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Fran, é muito triste né, e acho que nem sabemos o que fazer realmente pra ajudar né

      Excluir
  8. que blooog lindo, amei muito viu?! ta de parabensss

    www.beijosdavick.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não leio com muita frequência pois não tenho tempo para nada, com a faculdade e o trabalho. Mas esse livro me chamou atenção, talvez mesmo por ser diferente da temática que leio também. :p Fiquei curiosa para saber a história por trás de Cole. Parabéns pela resenha. Beijão www.infectedbyculture.com.br

    ResponderExcluir
  10. Esse assunto é bem atual e polêmico vale muito a pena ler esse livro, não li ainda, mas já quero, inclusive se quiser me mandar o link de onde pegou o livro me passe por favor. Porque eu realmente fiquei curiosa para ler.
    Beijo!

    http://www.nannamais.com

    ResponderExcluir
  11. Linda a resenha! Quando tiver tempo nas férias, vou ler esse livro.
    Contrariemos os Desencontros

    ResponderExcluir
  12. Tenho esse livro guardadinho aqui na estante desde o começo do ano, mas ainda não consegui pegar para ler. Tô bem curiosa quanto a história. O tema parece meio pesado, mas o relacionamento abusivo é algo que precisa ser tratado, né? Muitas vezes um livro nos ajuda mais do que um conselho e acho que isso serve pra caramba nesse caso. Quero ver se tiro um tempinho e leio a história, adorei tua resenha, moça ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente Kelly, tire sim um tempinho par lê-lo garanto que vai valer a leitura!

      Excluir
  13. Nunca li esse livro, mas adorei a resenha, então o livro deve ser igualmente bom. Relacionamentos abusivos são sempre um assunto difícil de serem abordados e também pesados. Não consigo entender o que leva uma pessoa a suportar uma relação assim, porque acredito que nem sentindo todo o amor do mundo eu seria capaz de aguentar calada. Mas como você mesma mencionou, há fatores como o medo e a vergonha.E conheço pessoas que aguentaram relações assim por anos. É algo muito triste, ainda mais quando a pessoa parece não querer ajuda ou tenta justificar os atos do agressor.
    Beijoos, certamente adicionarei esse livro à minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é triste mesmo, por que a gente tenta mas na verdade nunca iremos entender, só que passa sabe :(

      Excluir
  14. Fiquei muito interessada! <3 Triste pensar que isso acontece e muito! A história parece ser bem interessante.
    Adorei o jeito que você fez a resenha colocando trechos do livro, ficou bem legal.
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  15. Esse livro com certeza vai pra minha lista ja li um livro parecido com esse é amei! Estou ouvindo tantos comentarios positivos sobre "amor amargo" que fiquei curiosa para ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vale a pena, é tudo que tenho a te dizer! rs

      Excluir
  16. Que livro incrível! Não conhecia e fiquei muito curiosa. Acho que esse assunto precisa estar cada vez mais em pauta e ser debatido em exaustão até que nenhuma mulher passe :( As fotos ficaram lindas também ^^
    Abraço! :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente! Parabens por tocar nesse assunto, a gente vive num mundo em que vemos muito as mulheres principalmente vivendo num relacionamento abusivo, é bom tocar nesse tem para as pessoas se conscientizar. Pela sua descrição o livro é muito bom, vou colocar ele pra baixar e ler :D

    Aline do dreamerfashionweek.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é um tapa na cara mesmo, garanto que você não vai se arrepender!

      Excluir
  18. Vou aproveitar essa onda de ler pelo celular agora e ler esse livro <3
    Adorei seu blog (e seu feed do insta!!!)

    www.itszabella.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A onda de ler no celular se deve à falta de dinheiro mesmo Isa haha
      Leia mesmo! Beijo

      Excluir
  19. Oi!
    Não conhecia o livro ainda, mas gostei bastante da premissa dele. Um tema tão importante, sério e que por vezes é ignorado, mas que merece toda atenção possível.

    Quero muito ler!

    ResponderExcluir
  20. Nossa, sua resenha me deixou com muita vontade de ler esse livro, já está na minha lista. Fico triste que ainda existam tantos relacionamentos abusivos mas fico feliz de ver livros que abordem o tema, porque falar do assunto é necessário e os livros abrem tanto a mente. É um assunto que tem que estar em pauta, que precisamos falar. Tantas meninas estão em relacionamentos assim, inclusive eu já estive. Começa com o ciúmes, depois quer te afastar dos amigos, faz você acreditar que é errada, que a culpa é sua... Um ciclo vicioso. Por isso é tão importante abordar o tema, conversar com as migas, mostrar que não, não é normal seu namorado tentar te controlar. Acho também que o empoderamento feminino é uma grande ferramenta para por fim aos relacionamentos abusivos. Enfim, adorei a sua resenha, com certeza irei ler o livro!
    Beijocas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, ele retrata muito esse lado sombrio de alguns relacionamento, uma leitura bem dura mas necessária!

      Excluir
  21. Esse tipo de livro é como um soco no estômago (com o perdão do trocadilho). Relacionamento abusivo é algo pesado, já passei por algo do tipo, apesar de não a ponto da agressão física.
    Nunca tinha ouvido falar de um livro que abordasse esse tema, acredito que é uma ótima forma de conscientização.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim jade, diria que serve pra alertar quando um relacionamento não está normal

      Excluir
  22. Não li ainda, mas quero ler! Acho que é um assunto importante para se tratar em livros porque muitas vezes as pessoas não percebem que o relacionamento esta ruim. Se prendem pelos bons momentos e quem sabe lendo uma história parecida se identifiquem e tenham forças para mudar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria ótimo se todos se conscientizase né?

      Excluir